A de Adjuntas

Há  vários séculos, no povoado de Adjuntas na cordilheira central de Porto Rico, aconteceu um milagre. Olhe bem para o sudeste, nas montanas, vai se dar conta do que eu digo. Verá na cima duma delas a forma dum homem deitado com a cara para o céu.

Conta a lenda que num tempo remotíssimo existiu, como único habitante de toda a região, um gigante. Sua cabeça saía facilmente nas cumes mais altas e seus braços, quando ele dormia, arroupavam todo o diâmetro da planície. As tribos faziam grandes esforços para expulsá-lo e aproveitar as terras férteis tão inutilmente procuradas pelos mais bravos chefes. Um dia, um feiticeiro conjugando feitiços, viu sobre o cristal da fonte onde apareciam as visões, a evocação do gigante completamente adormecido. Este consultou seus sinais e ficou convencido de que podiam matar o gigante se atingissem seu olho direito com uma seta envenenada.

 Ele correu imediatamente para o topo da colina mais próxima e desde lá disparou sua flecha na direção indicada. O gigante teve uma convulsão, se levantou e deu um soco que deixou um buraco na encosta. Dalí imediatamente saiu uma torrente de água doce e espumosa. Ele gritou e caiu na mesma posição que estava antes e nunca mais se levantou. Ninguém moveu o corpo por temor de acordá-lo do que eles acreditavam ser um encantamento. Ao longo dos séculos congelou-se formando o que hoje é conhecido como A montanha do gigante. O fluxo de água, chamado de Borbotão de Dona Pilar, é a grande e importante corrente que abastece os  moradores pobres do bairro Salsipuedes.

Esta lenda produz o apelido de Adjuntas: Povoado do gigante dormido. Hoje é um conto de orgulho de sua gente, que não  fraqueja frente a gigantes modernos. Gigante é o povo que, ao ver-se ameaçado pela prática mineira, aos céus abertos, se negou, se organizou e combateu. Gigante é o povo que convoca aos outros povoados para lutar em contra de violações ambientais tão impactantes como o gasoduto. Adjunta é um povoado gigante e de adormecido não tem nem um só cabelo.

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s